Lightroom CC 2018: o que você precisa saber sobre essa grande atualização

Lançado há mais de uma década, a Lightroom tornou-se o principal aplicativo de desktop da indústria para edição e organização de fotografia e está trazendo mais novidades para transformar a área da fotografia digital.

No dia 18 de outubro, a empresa lançou durante o evento Adobe MAX, o novíssimo Lightroom CC:

 “o serviço de fotos na nuvem para quem ama fotografia”.

O que mudou? Pra você que ficou confuso ao conferir a novidade, aconteceu o seguinte:

  1. A Adobe lançou esse novo software, chamado Lightroom CC, que oferece quase todos os mesmos recursos de edição que estamos acostumados, mas com uma estrutura organizacional inteiramente nova dependente da nuvem. Esse “novo produto” é uma versão do Lightroom simplificada, com o objetivo de facilitar o uso no mobile com foco em iniciantes ou usuários que têm a fotografia como um hobby. Com ele você vai utilizar a mesma ferramenta no celular e no computador. Conheça o novo Lightroom:
  2. Já o Lightroom “antigo” que você conhece, continua existindo com o nome de Lightroom Classic, orientado para o desktop. Ele não foi deixado pra trás e também recebeu algumas atualizações para melhorar seu desempenho. (Vou falar sobre elas depois).

Sobre o Lightroom CC 2018

Separei algumas novidades da NOVA VERSÃO pra você que está pensando se vale a pena o investimento: 

1. Praticidade com Armazenamento na nuvem e edição sincronizada
A partir de 1 TB, o novo Lightroom CC oferece armazenamento na nuvem e garante que você tenha acesso a sua biblioteca completa de fotos de resolução total a qualquer momento, em qualquer lugar, em qualquer dispositivo, até mesmo de um navegador. Além disso, pode subir diversas fotos em RAW ou JPEG no programa e editar em um aparelho para depois continuar a edição em outro dispositivo.

2. Agilidade com Inteligência Artificial
Aconteceram também algumas mudanças na forma de usar atalhos básicos. A Adobe utilizou recursos de inteligência artificial na ferramenta para que a pesquisa por palavras –chave ficasse mais inteligente. Assim você pode pesquisar imagens só digitando uma palavra para encontrar as fotografias que deseja. Além disso, os recursos de AI poderão aprender também como você realiza o tratamento de suas imagens e conhecer suas preferências para tornar seu fluxo de trabalho ainda mais rápido.

3. Compartilhamento fácil
Você vai poder compartilhar suas fotos com seus seguidores e o publico em geral da ferramenta diretamente nas redes sociais. Há também como criar imagens, páginas da Web e vídeo-histórias extraordinárias em minutos com o Adobe Spark. Ou crie um site com o Adobe Portfolio para colocar suas fotos, esse recurso está incluso.

4. Nova interface
O Lightroom CC possui uma nova interface de usuário simplificada que permite uma edição poderosa de fotos de resolução total no desktop, celular e na Web.

O que há de novo no Lightroom Classic CC:

O que mais me chamou atenção na atualização da antiga ferramenta foram as seguintes atualizações, que tenho certeza que vão influenciar diretamente o workflow de trabalho do fotógrafo! Veja o que vai ser útil pro seu trabalho:

1. Velocidade
A atualização recebeu significativos aprimoramentos de desempenho e velocidade (o que vinha sendo uma queixa frequente dos usuários), agora você pode selecionar as fotos dentro do Lightroom porque a transição das imagens está muito mais rápida e não aparece aquela velha barrinha de carregando. Antes, devido ao grande volume, os fotógrafos utilizavam aplicativos externos para fazer a curadoria das imagens e agora esse trabalho ficou muito mais fácil.

2. Seleção por cor ou luminosidade: você pode refinar as seleções das ferramentas de ajustes localizados, como o pincel de ajuste ou degradê, usando como critério a luminosidade ou a cor de determinadas áreas, apenas arrastando uma barra, o que facilita bastante o trabalho.

Conclusão

Com certeza as atualizações são inovações necessárias, mas particularmente, acredito que a nova versão ainda não está voltada totalmente ao mercado profissional. Ainda precisamos das  funcionalidades e recursos que só a versão do Classic CC oferece, isso porque sua interface favorece mais o nosso trabalho cotidiano de fotógrafo.

E aí, vai continuar usando o Lightroom Classic ou vai usar a nova versão? Caso você curta ela, a Adobe montou um plano:

A versão antiga Lightroom Classic CC, que também vem com o novo Lightroom, mais 20 GB de armazenamento em nuvem e o Photoshop CC no Plano de Fotografia, sai por R$ 35 mensais.

Agora se você quiser a plataforma atualizada do Lightroom CC e espaço de 1 TB, o investimento é de R$ 35 por mês. Já o mais completo, o Plano de Fotografia com 1 TB, custa R$ 71. Para conferir, é só clicar neste link.

Deixe sua opinião sobre a atualização!

2 Comentários


  1. Achei interessante o novo produto, porém a utilização dos presets salvos na versão Classic não aparecem na versão CC. Se você localizou, por favor nos oriente.

    Ponto legal é a importação de imagens que, realmente, ganhou em performance.


  2. Olá, você pode importar os presets para o CC, tem um botão “predefinições ” que fica logo abaixo da Barra de ferramentas na direita. Ele traz algumas presets, que podem ser ajustados e para adicionar outros basta clicar em um botão parecido com “: ” mas com três pontos. Ele abrirá uma tela para importar. O armazenamento pelo que vi é local, dos presets. Talvez deva ter como sincronizar.

Comentários encerrados.